Blog >> Plataforma Sucesso Universitário

Criando um plano de retenção

12/12/2019 | Atualizado ás 09:55h

Um planejamento adequado é o primeiro passo para um processo de retenção efetivo.

Em qualquer setor de atividade, quando queremos atingir alguma meta ou objetivo, o ideal é que criemos um plano para guiar nossas ações, medir nosso progresso e saber o quanto falta para alcançarmos o marco final.

Pois bem, quando tratamos de retenção de alunos a história não é diferente. Neste caso, o objetivo é reter alunos. Sendo assim, para que este objetivo seja alcançado é necessário traçar um plano de retenção.

Parece óbvio, não é mesmo? Porém, fizemos uma pesquisa com pessoas que trabalham no ambiente universitário e somente 11% afirmaram que a universidade dispunha de um plano de retenção definido. (Caso tenha interesse em mais detalhes sobre a pesquisa clique aqui).

Ainda sobre a pesquisa, 16% das pessoas entrevistadas disseram que a universidade não tinha nenhum plano definido e outras 33% disseram que as ações de retenção se concentram em conversas informais entre os coordenadores, professores e gestores.

O fato é que sem um plano adequado, o processo de retenção não será efetivo. Este plano deve se basear na premissa de que a maioria das evasões podem ser antecipadas, já que para ter alguma chance de reter o estudante a instituição precisa conversar e entender o problema antes que o aluno abandone o curso. Neste mesmo blog, temos um artigo que aborda o tema de antecipação de evasões.

Supondo que a instituição já tenha as condições para antecipar as evasões, o próximo passo é trabalhar a força de retenção.

A força de retenção deverá ser constituída por um conjunto de educadores experientes com bagagem suficiente para prover a orientação necessária para o aluno. Na maioria dos casos reais tratados dentro da Plataforma Sucesso Universitário, os alunos foram abordados diretamente pelo coordenador do curso. Ou seja, o aluno foi identificado como um possível desistente e o coordenador teve a chance de conversar com o mesmo, entendendo e o ajudando a resolver seu problema.

É importante mencionar que um grande número de alunos poderia sobrecarregar o coordenador e neste caso, seria necessária a ajuda dos professores mais experientes e que possuem a confiança da instituição.

Para finalizar o processo será necessário registrar todas as ações realizadas pela força de retenção no intuito de reter os alunos.

De uma forma geral, pode-se dizer que a instituição deverá criar um plano de retenção considerando os seguintes pontos:

  • Estratégia para antecipação das evasões
  • Definição e dimensionamento da força de retenção
  • Registro de todas as ações executadas pela força de retenção
  • Acompanhamento dos riscos de evasão em andamento
  • Finalização dos riscos de evasão, considerando o sucesso ou fracasso das ações realizadas

De posse de todas estas informações, a instituição poderá medir seu desempenho no processo de retenção,considerando as seguintes métricas:

  • Número de casos tratados x Número de alunos monitorados
  • Número de casos de alunos recuperados
  • Número de casos de evasões
  • Número de ações preventivas

O ideal é que a instituição tenha um plano por semestre ou módulo. Desta maneira, será possível comparar a evolução dos indicadores de retenção e analisar se a instituição está evoluindo ou regredindo.

Vamos abrir a "caixa preta" da sala de aula?

Possibilite que os professores colaborem com a detecção de alunos com problemas ou dificuldades durante sua trajetória acadêmica.

Entenda melhor


Obs: Não deixe de considerar a possibilidade de se inscrever no nosso newsletter. Assim, você receberá artigos como este diretamente no seu e-mail.

Se preferir envie um e-mail para info@innervision.com.br.


Tags relacionadas: evasão, evasão universitária, plano de retenção, combate á evasão, retenção de alunos, permanência de alunos, Plataforma Sucesso Universitário, Plataforma SU

Informações relacionadas

- Contato
- Plataforma Sucesso Universitário

Inscreva-se no newsletter Sucesso Universitário

Por favor, informe seu e-mail e receba gratuitamente conteúdos essenciais para auxiliar sua instituição na retenção de alunos: